Home » Jardinagem » 10 Dicas de Temperos que não Podem Faltar na sua Horta Caseira!

10 Dicas de Temperos que não Podem Faltar na sua Horta Caseira!

Os temperos e as ervas frescas são ideais para dar aquele “toque a mais” a qualquer prato, não é mesmo?

E você já imaginou em tê-los sempre à mão e fresquinhos na cozinha da sua casa, na varanda ou no quintal?

Pois isso tudo é possível com as hortas caseiras – ideias que estão cada vez mais em alta em diversos lares brasileiros.

Se você adoraria ter uma horta em casa, mas não sabe o que e nem como plantar nela, confira essas 10 dicas de temperos que separamos!

1- Hortelã

Ok, a hortelã pode não ser um tempero, mas está sempre presente na maioria das hortas caseiras, podendo ser usada em chás e até mesmo para dar um gostinho a mais às receitas.

Essa plantinha não tolera a exposição direta e constante ao sol. Para mantê-la sempre bonita, regue constantemente, deixando a terra sempre úmida.

Mas, tome cuidado para não encharcar as raízes, caso contrário seu vasinho de hortelã poderá não sobreviver muito tempo.

2- Alecrim

O alecrim é delicioso como tempero e ainda possui um aroma super agradável.

Para que ele cresça bonito e viçoso é essencial que ele tenha claridade suficiente e seja regado com frequência, deixando o solo sempre úmido.

A dica é plantá-lo em solo com granulação arenosa e sempre colher os raminhos próximos ao caule.

3- Manjericão

O manjericão fica ótimo em pizzas, molhos, carnes e aves e ainda deixa os pratos muito mais bonitos.

Esse tempero pode ser plantado em qualquer época do ano, mas é preciso retirar as flores porque elas “roubam” o perfume das folhas.

O manjericão se desenvolve muito bem em climas quentes (acima de 28ºC) e com claridade. É preciso regá-lo uma vez por dia ou sempre que notar a terra seca.

4- Cebolinha

A cebolinha é um tempero excelente para sopas, saladas, molhos, carnes e vinagretes.

A dica é plantá-la em solo com granulação média e bastante adubado e sempre colher as folhas mais velhas para fortificar as mais novas.

Ela costuma crescer melhor em temperaturas entre 13ºC e 24ºC e tem necessidade de luz direta pelo menos algumas horas por dia. A rega deve ser frequente, sempre deixando o solo úmido.

5- Salsinha

A salsinha é um tempero muito versátil que pode ser usado em vários pratos, como sopas, saladas e até na decoração culinária.

Ela deve ser plantada em solo rico em matéria orgânica e não suporta terrenos argilosos ou mal drenados.

A salsinha também prefere os climas amenos e ensolarados e precisa de rega que seja capaz de deixar o solo úmido, mas não encharcado.

6- Coentro

O coentro é um tempero bastante característico de vários tipos de culinária e pode ser o destaque da sua hortinha.

Ele pode ser cultivado em uma ampla variedade de climas e em lugares tanto com bastante sol, como com sombra parcial.

O único cuidado que você deve ter é manter o solo sempre úmido.

7- Tomilho

O tomilho é um ótimo tempero para caldos, sopas, peixes, carnes e ensopados, além de marinados e molhos a base de vinho.

A dica é plantá-lo em solo argiloso ou calcário e garantir alta luminosidade, por isso ofereça luz direta por pelo menos 5 horas diárias.

O solo deve ser mantido levemente úmido.

8- Pimenta

A pimenta é ótima para dar sabor em qualquer tipo de prato e por isso é uma das principais escolhas na hora de montar a sua horta caseira.

Ela precisa ser plantada em solo areno-argiloso e é preciso colher os frutos mais velhos para dar força aos mais novos.

A necessidade de sol e de água dependerá do tipo de pimenta que você escolher.

9- Sálvia

A sálvia possui muitos usos culinários e até medicinais, sendo usada para combater o ácido úrico, o cálculo renal e até o reumatismo.

Para plantá-la é preciso ter um local com luz solar abundante e ela deve estar sempre em pleno sol.

O melhor solo é o de argila e bem drenado. As regas devem ser mais intensas quando as mudas são pequenas (deixando o solo úmido) e depois de crescer basta regá-la apenas quando o solo se apresentar seco.

10- Arruda

A arruda também possui vários usos, sendo amplamente empregada na medicina popular.

Essa plantinha cresce muito bem em vários tipos de climas, embora os melhores resultados sejam obtidos em temperaturas amenas.

A luz direta também favorece a arruda, mas ela pode tolerar sombra parcial.

As mudas devem ser bem irrigadas, já as plantas desenvolvidas toleram períodos de seca.

Gostou das nossas dicas de temperos e ervas aromáticas para você ter na sua hortinha?

Compartilhe com seus amigos!

Tags: