Anúncios

10 Plantas Medicinais Que Você Pode Ter Sempre Em Casa!

Anúncios
Anúncios

As ervas medicinais são usadas há séculos por diversas sociedades e é uma tradição que se mantém em diversas cidades em nosso país.

Se você também apela para o chazinho ou para uma infusão quando sofre de problemas de saúde, ter algumas plantas medicinais em casa pode ser uma ótima ideia, não é mesmo?

E saiba que muitas dessas ervas amigas da nossa saúde podem ser plantadas em vasinhos dentro de casa.

Não deixe para depois, continue a leitura e veja as nossas dicas!

1 – Alecrim

O alecrim possui vários usos na medicina popular, sendo conhecido para lidar com problemas no sistema nervoso, ajudando em casos de debilidade cardíaca e também emocional.

Ele pode ser tomado em infusão, sem ferver a planta, ou ainda deixando o alecrim fresco dentro de uma jarra de água e ir tomando ao longo do dia.

Para plantá-lo use um vaso fundo, não deixe o solo encharcado e coloque-o a sol pleno.

2 – Arruda

A arruda foi muito usada na Grécia Antiga para o combate de doenças contagiosas e é até hoje indicada como calmante e também para tratar a infestação de piolhos.

Para usá-la como calmante, faça uma infusão fraca (1 folha para cada xícara de água fervente) e tome por 7 dias.

Ela é uma planta que não suporta solos encharcados, mas suas mudas devem ser mantidas bem irrigadas, outra dica é usar um solo levemente alcalino.

3 – Hortelã

A hortelã é muito usada para combater problemas digestivos, cólicas, colites, dor de garganta, mau hálito, enxaqueca, síndrome do intestino irritável, dores musculares e acúmulo de gases.

Além das infusões, popularmente conhecidas, a hortelã também pode ser usada em forma de tintura ou de óleo essencial para o tratamento da nevralgia, dor muscular, sinusite e dor de cabeça.

Cultivar essa plantinha tão versátil é bem fácil, desde que o solo seja rico e haja bastante água disponível.

4 – Manjericão

O manjericão é usado para tratar várias doenças gastrointestinais, como flatulência, mau hálito, espasmos, aftas e também para diminuir a tosse e tratar a bronquite.

Outras aplicações dessa erva é no combate à febre, inflamações de garganta, cansaço e depressão.

Para plantar o manjericão é muito importante evitar locais frios (com temperaturas menores que 12ºC). O ideal é deixá-lo em um ambiente ensolarado e iluminado, como varandas ou em frente a uma janela.

5 – Erva-cidreira

Muito conhecida, a erva-cidreira pode ser usada em casos de distúrbios gastrointestinais, nervosismo, estresse e ansiedade leve.

Para quem sofre com insônia, também é recomendado consumir 1 xícara de chá todas as noites antes de ir dormir.

Se você não tem muitas habilidades com jardinagem, a erva-cidreira é ideal para você, porque ela é muito fácil de ser cultivada e pode até mesmo se tornar invasora se deixar as sementes amadurecerem.

6 – Sálvia

O nome dessa planta já demonstra o quanto ela tem sido usada na medicina popular, já que ‘sálvia’ quer dizer ‘aquela que salva’.

Geralmente, ela é usada como chá e infusão para tratar problemas com catarro e também para lavar feridas ou na inalação.

Para plantá-la em casa o ideal é usar vasos bem grandes ou jardineiras.

7 – Capim Limão

Também conhecido como citronela, capim cidreira e capim santo, o capim limão é usado como sedativo e para combater problemas digestivos, e quando em forma de óleo essencial é usado contra picada de insetos.

O capim limão em forma de chá é muito recomendado para quem sofre com estresse e nervosismo, ajudando a relaxar e acalmar.

Essa planta se desenvolve melhor em ambientes quentes e úmidos e com luz solar direta por, pelo menos, algumas horas ao dia.

8 – Tomilho

O tomilho tem um alto poder desinfetante e pode ser usado contra tosses, bronquites ou dor de garganta.

Em forma de chá, ele é especialmente indicado para problemas que atingem as vias respiratórias superiores, como dor de garganta, tosse, bronquite, resfriado, gripe, sinusite e asma.

Para plantá-lo, garanta plena luminosidade. Em vasos, o ideal é que tenha pelo menos 15 centímetros de profundidade. O tomilho não precisa de muita água.

9 – Boldo

O boldo é muito conhecido por seu poder contra problemas digestivos, como dor de barriga com espasmos e também males hepáticos.

Para plantar o boldo, você só precisará de um galhinho com folhas e um pedacinho do galho principal da árvore.

Se a ideia é plantá-lo em um vaso, escolha um que tenha, pelo menos, 30 centímetros de altura, já que o boldo cresce bastante e pode ultrapassar 1 metro. As regas não precisam ser diárias, somente realize quando notar a terra mais seca.

10 – Losna

A losna também é conhecida como absinto, erva-do-fel e erva-dos-vermes.

O chá possui muitas indicações, como: tratamento de anemias, problemas de circulação sanguínea, alívio das cólicas intestinais, tratamento dos rins e da bexiga e para amenizar azias.

Essa plantinha deve ficar a sol pleno e não gosta de muita água, sendo recomendada regas de 1 a 2 vezes por semana, aceitando qualquer tipo de solo.

Gostou das nossas sugestões de plantas medicinais para ter na sua casa?

Compartilhe esse conteúdo com seus amigos!

Você gostou deste conteúdo? A sua opinião é muito importante!
[Total: 1 Média de: 4]

No Responses

  1. Tudo Especial
  2. Anônimo
  3. Anônimo
  4. Anônimo
  5. Anônimo
  6. Anônimo
  7. Anônimo
  8. Anônimo
  9. Anônimo
  10. Anônimo
  11. Anônimo
  12. Anônimo
  13. Anônimo
  14. Anônimo
  15. Anônimo
  16. Anônimo
  17. Anônimo
  18. Anônimo
  19. Anônimo
  20. Anônimo
  21. Anônimo
  22. Anônimo
  23. Anônimo
  24. Anônimo
  25. Anônimo
  26. Anônimo
  27. Anônimo
  28. Anônimo
  29. Anônimo
  30. Anônimo
  31. Anônimo
  32. Anônimo
  33. Anônimo
Anúncios