Anúncios

O Que Fazer Em Florianópolis? 10 Lugares Incríveis para Incluir no Seu Roteiro!

Floripa, a capital catarinense, é uma das cidades mais visitadas do Brasil. E, sem dúvida, as praias lindíssimas são a principal atração. Apesar disso, na hora de montar o roteiro de viagem, muitas pessoas têm dúvidas sobre o que fazer em Florianópolis.

Anúncios

É claro que isso dependerá do tempo da sua viagem. É possível que você perceba que 3 ou 4 dias são poucos para descobrir todos os encantos e as belezas de Floripa (afinal, só de praia, são mais de 100 opções) – e nada impede que você marque uma nova viagem para apreciar ainda mais esse reduto da natureza.

São dunas, lagoas, mirantes, montanhas e muito mais, capazes de agradar a todos os tipos de turistas. Não sabe o que fazer em Florianópolis? Continue a leitura e descubra!

Ah e não deixe de ver até o fim da página, pois lá tem um vídeo com dicas do que fazer em Florianópolis e assim programar sua viagem.

1 – Jurerê Internacional

O Que Fazer Em Florianópolis: Jurerê Internacional

Jurerê Internacional | Crédito da imagem

A praia de Jurerê Internacional é uma das mais conhecidas e badaladas de Florianópolis. Cercada de mansões e cheia de muito luxo, esse é um dos bairros mais procurados na capital por quem gosta de agito e de uma vida noturna como poucas do Brasil.

Apesar de nem todo mundo saber, o bairro é dividido em dois, sendo que o lado “internacional” é o mais recente, com uma urbanização planejada, com ruas, comércio e outros itens idealizados visando uma construção atrativa e segura.

Já o lado “tradicional”, o antigo Jurerê original (antes chamado de Praia do Forte), é a parte mais tranquila e menos badalada. É claro, que, na praia, não existe nenhuma divisão – só nos bairros, mas é possível notar essa diferença claramente, pois no Jurerê Internacional é que estão os beach clubs mais famosos.

Em Jurerê, as dicas são:

  • curtir a praia (são 3km de faixa de areia com uma beleza extraordinária e repleta de quiosques e beach clubes);
  • badalar nos beach clubes mais famosos (como o P12 Parador, considerado o mais famoso do mundo, o 300 Cosmo, o Praia La Serena, o Café de la Musique e o Dona Jurerê Internacional);
  • fazer passeios de barco, lancha ou jet ski;
  • conhecer a Fortaleza de São José da Ponta Grossa (localizada no alto do morro na divisa entre Jurerê e a Praia do Forte).

2 – Santo Antônio de Lisboa

Santo Antônio de Lisboa

Santo Antônio de Lisboa | Crédito da imagem

Santo Antônio de Lisboa é um dos bairros mais antigos da cidade e, portanto, uma ótima dica do que fazer em Florianópolis que não envolva apenas praia.

Esse é um verdadeiro recanto açoriano e recebeu inúmeros imigrantes entre os século XVII e XVIII – o que resultou em um charme lindíssimo, dando a impressão de que o bairro é uma vila isolada perdida no tempo.

Além da beleza ímpar, o local merece a sua vista graças às inúmeras delícias gastronômicas, com ruas recheadas de bares e restaurantes. E o melhor é que tudo isso fica pertinho do centro da cidade e de praias como Jurerê, Sambaqui e Daniela.

Se quiser apreciar o mar de Floripa, aproveite para comer e beber em um dos vários bares e restaurantes espalhados pela orla. Nos finais de semana, visite a Feira dos Alfaias, que acontece na Praça Roldão da Rocha Pires, onde é possível comprar quadros de artistas da região, além de roupas, acessórios em crochê e itens de decoração e artesanato.

Outra atração imperdível é a Igreja de Nossa Senhora das Necessidades, ou Igreja de Santo Antônio de Lisboa, construída em 1750 e tombada como uma das mais belas expressões do barroco no sul do Brasil.

3 – Praia da Joaquina

O Que Fazer Em Florianópolis: Praia da Joaquina

Praia da Joaquina | Crédito da imagem

Conhecida em todo o mundo, a Praia da Joaquina, ou apenas “Joaca”, é um dos principais atrativos da capital e sempre aparece nas listas de o que fazer em Florianópolis.

Vizinha da Praia Mole, a Joaquina costuma reunir jovens e esportistas em busca das suas ondas geladas, que já foram dropadas por grandes nomes do surfe, sediando campeonatos nacionais e internacionais.

Além da praia, as dunas também são bastante famosas – consideradas as melhores do sul do país, e onde é possível praticar o sandboard, uma espécie de surfe na areia.

Quem quer fazer belas fotos e apreciar a vista, pode desbravar o aglomerado de rochas que fica à esquerda da praia.

Atenção, porém, porque a Joaquina tem um mar bravo e forte. Como ela é aberta para o Oceano Atlântico, é considerada uma praia de tombo, ou seja, logo depois da zona de varrido, sua profundidade aumenta abruptamente – por isso não é muito indicada para crianças.

Como a Joaquina não é muito grande (tem só 3km de extensão) é uma ótima opção para quem gosta de caminhar a beira-mar, jogar vôlei, futevôlei, surfar ou praticar outros tipos de esportes.

Algumas atrações bacanas são o John Bull Floripa (a casa do rock na cidade que fica a apenas 3,5km da Joaquina) e o Mirante Ponto de Vista (localizado na Lagoa da Conceição e que oferece uma vista incrível da Joaquina).

4 – Praia Mole

Praia Mole

Praia Mole | Crédito da imagem

Vizinha da Joaquina, está a Praia Mole, outro ponto turístico muito procurado em Floripa. Esse também é um lugar de badalação, cheio de jovens e esportistas.

Seu nome foi dado pelos pescadores locais, devido à consistência da areia, que é fina e se move quando pisada, fazendo com que a pessoa afunde o pé em torno de 5 a 10 cm enquanto caminha – exigindo dos músculos durante as caminhadas.

São muitas as atrações da Praia Mole, além da beleza incrível, como:

  • aulas de surfe, bodyboard, kitesurf e windsurfe;
  • andar de skate no half 32;
  • fazer uma caminhada na areia diferente da Praia Mole;
  • fazer trilhas até a Praia da Galheta (percurso de aproximadamente 15 minutos que leva à praia de nudismo opcional);
  • visitar o Mirante da Praia do Mole (de onde também se pode avistar a Lagoa da Conceição, as dunas da Joaquina, a praia de Moçambique e parte da Barra da Lagoa);
  • acompanhar os festivais musicais;
  • saltar de parapente;
  • aproveitar os diversos bares, quiosques e beach clubes (um dos mais famosos é o Bar do Deca).

5 – Ilha do Campeche

O Que Fazer Em Florianópolis: Ilha do Campeche

Ilha do Campeche | Crédito da imagem

A Ilha do Campeche é um dos locais mais bonitos de Florianópolis, tanto que é apelidada carinhosamente de “Caribe Brasileiro”.

Para visitar esse pedacinho do paraíso, é preciso contratar um passeio de barco com saídas da Armação, da Praia do Campeche ou da Barra da Lagoa. Na alta temporada (entre dezembro à março), os passeios são diários e acontecem várias vezes ao dia.

Além disso, também é possível alugar uma lancha para fazer um passeio mais personalizado.

São muitos os atrativos da Ilha do Campeche que vão além da beleza paradisíaca. Como as várias trilhas terrestres e subaquáticas que levam à sítios arqueológicos com inscrições rupestres e oficinas líticas que datam de 3500 a.C.

As trilhas são todas monitoradas por guias e para fazê-las é preciso pagar um valor simbólico. Lembre-se que se aventurar nessas trilhas sozinho é proibido, já que a Ilha é tombada pelo IPHAN.

Na ilha existe somente um restaurante que serve frutos do mar e porções.

6 – Praia de Barra da Lagoa

Praia de Barra da Lagoa

Praia de Barra da Lagoa | Crédito da imagem

A Praia Barra da Lagoa é considerada o maior núcleo pesqueiro da ilha de Santa Catarina. Por lá, você encontrará uma comunidade bem tradicional e que ainda mantém viva suas raízes culturais, como a pesca e a produção de trançadas (tarrafa e renda).

Com uma beleza incrível, a praia atrai inúmeros turistas nacionais e internacionais e por isso é uma dica imperdível de o que fazer em Florianópolis.

O mar azul e a longa faixa de areia são, de longe, um dos principais atrativos. A água é fria e tranquila no início da praia. Mas se você curte ondas maiores, é só caminhar mais ou menos 1km ao norte, onde o mar é aberto e tem mais inclinações na areia.

Diferentemente da Praia Mole, aqui é possível encontrar um público mais diversificado, com moradores, idosos, famílias com crianças e turistas estrangeiros (embora esses últimos não sejam a maioria).

Quem deseja praticar esportes radicais, tem muitas opções, com várias escolas de surfe e também com a prática de stand up paddle (na área próxima do farol).

7 – Praia dos Ingleses

O Que Fazer Em Florianópolis: Praia dos Ingleses

Praia dos Ingleses | Crédito da imagem

Sem dúvida, a Praia dos Ingleses é um dos destinos mais movimentados de Floripa, atraindo turistas durante todo o ano. Afinal, ela conta com uma excelente infraestrutura, com diversos serviços de praia e até um shopping, além de muitos bares, restaurantes, shows, casas noturnas e uma rede ampla de comércio.

Por lá, você também encontrará muitos turistas internacionais, principalmente argentinos, por isso vários estabelecimentos contam com serviços bilíngues.

Com uma grande extensão, a Praia dos Ingleses (conhecida como Zinga pelos moradores), tem um lado com mar calmo e ideal para as crianças e outro com um mar mais forte, com ondas propícias para o surfe.

Se você quer uma praia com bastante movimentação, bares na areia, música ao vivo, compras e paquera, esse é o destino certo.

Os aventureiros podem aproveitar as trilhas, como a Trilha Caminho do Engenho, ideal para iniciantes e que oferece um belo visual da Praia dos Ingleses e das ilhas próximas e a Trilha da Feiticeira, que leva até a Praia Brava, passando pela Praia da Feiticeira, com um percurso de 2km e que exige mais preparo.

8 – Mercado Municipal

Mercado Municipal

Mercado Municipal | Crédito da imagem

Achou que as nossas dicas sobre o que fazer em Florianópolis teriam apenas praias? O Mercado Municipal é um atrativo incrível e que você precisa conhecer quando estiver em Floripa.

Seu prédio histórico está bem no coração do centro da cidade, perto do Terminal Rodoviário e da Ponte Hercílio Luz, símbolo de Florianópolis. Hoje, o mercado conta com duas alas interligadas por um pátio aberto, que desde 2016 conta com uma moderna cobertura. Nessa área, é possível encontrar diversos restaurantes.

No interior do prédio, funcionam as barracas de carnes, peixes e frutas, além de lojas com produtos artesanais da região.

Entre os restaurantes, um dos mais famosos é o Box 32 – que sempre tem ostras frescas e deliciosos pastéis de camarão. Outra dica bacana é experimentar as cervejas artesanais locais.

9 – Costa da Lagoa

O Que Fazer Em Florianópolis: Costa da Lagoa

Costa da Lagoa | Crédito da imagem

Localizada às margens da Lagoa da Conceição, a Costa da Lagoa é uma comunidade isolada, em uma área onde só é possível chegar de barco ou pelas trilhas.

Esse é um dos principais pontos turísticos de Florianópolis que reúne história, cultura, natureza, belas paisagens e ótimas opções gastronômicas.

Para fazer esse passeio, a dica é separar um dia todo, já que ele é bem longo. O principal terminal de barcos fica no centrinho da Lagoa da Conceição, junto à ponte que dá acesso à Avenida Rendeiras. De lá, os barcos partem de hora em hora durante a semana e a cada meia hora aos finais de semana.

Outra alternativa é embarcar pela parada de barcos do Canto dos Araças. É de lá também que parte a Trilha da Costa da Lagoa ou Trilha Caminho da Costa. Pela trilha, você poderá visitar a cachoeira.

Na Costa da Lagoa existem cerca de 15 restaurantes. Além deles, visite também as lojinhas de souvenir, o engenho de farinha do século XIX e aproveite a paisagem lindíssima.

10 – Lagoinha do Leste

Lagoinha do Leste

Lagoinha do Leste | Crédito da imagem

Perto do Pântano do Sul, depois da Praia do Matadeiro, está localizada a Praia da Lagoinha do Leste, considerada um verdadeiro paraíso. Essa é uma praia que só pode ser acessada à pé, pelas trilhas, ou de passeios de barco, pelo mar.

Como ela não é facilmente acessada, a natureza ainda se mantém extremamente preservada, sendo este um dos últimos redutos de Mata Atlântica de Florianópolis. Isso faz com que tanto a água do mar como da lagoa sejam extremamente cristalinas e a areia fina, branquíssima.

Se você adora as belezas naturais, com certeza esse é um atrativo imperdível e que renderá lindas fotografias de recordação, além de ser um passeio bem diferente e cheio de superação.

Saiba o que fazer em Florianópolis e programe sua viagem.

Aqui você vai conhecer um pouco mais da capital de Santa Catarina e poder aproveitar todos os pontos turísticos.

Gostou de saber o que fazer em Florianópolis? Ficou mais fácil organizar sua viagem para a capital de Santa Catarina?

Você amou este artigo e quer saber mais sobre Viagens? Então não deixe de conferir nossos artigos especiais sobre Turismo!

Ajude seus amigos: compartilhe essas dicas nas suas redes sociais!

Você gostou deste conteúdo? A sua opinião é muito importante!
[Total: 1 Média de: 5]
Anúncios

Quer Moldes Grátis!?

Receba Diretamente no seu email junto com o Passo a Passo Completo!

Quer Moldes Grátis!?

Receba Diretamente no seu email junto com o Passo a Passo Completo!