Anúncios

O Que Fazer Em Curitiba? 10 Locais Imperdíveis Que Você Precisa Conhecer!

A capital paranaense é uma cidade cheia de encantos e atrativos. Se você está visitando-a pela primeira vez, é bem provável que não saiba o que fazer em Curitiba – por isso, nós selecionamos os 10 principais pontos turísticos que precisam fazer parte do seu roteiro.

Anúncios

Fácil de se locomover, em Curitiba muitos turistas se sentem em casa. Quem nunca passeou pela região, pode começar o passeio com a Linha Turismo – um ônibus panorâmico que percorre toda a cidade, sendo um ótimo início para a sua viagem.

Quer mais dicas sobre o que fazer em Curitiba? Continue a leitura!

Ah e não deixe de ver até o fim da página, pois lá tem um vídeo com curiosidades e dicas do que fazer em Curitiba, para planejar sua viagem.

1 – Jardim Botânico de Curitiba

Jardim Botânico de Curitiba

Jardim Botânico de Curitiba | Crédito da imagem

Inaugurado em 1991, o Jardim Botânico é um dos pontos mais visitados da capital. Ele foi criado inspirado nos jardins franceses e recebe seus visitantes, logo na entrada, com um lindíssimo tapete de flores.

Outro ponto muito visitado é a estufa em estrutura metálica, que abriga espécies botânicas referências nacionais.

Para conhecer o esplendor do Jardim Botânico de uma maneira diferente, a dica é percorrer a trilha “jardim das sensações”, com 200 metros de extensão, em que o turista faz o passeio de olhos vendados.

Assim, é preciso usar os outros sentidos para tocar, cheirar e reconhecer as flores.

Além de inúmeras plantas, o Jardim Botânico abriga o Museu Botânico Municipal, várias trilhas em bosque de araucárias, lago, quadras esportivas e um velódromo.

2 – Estrada da Graciosa

O Que Fazer Em Curitiba » Estrada da Graciosa

Estrada da Graciosa | Crédito da imagem

A estrada da Graciosa não leva esse nome por acaso, afinal é considerada uma das mais bonitas do Brasil – e por isso é uma atração à parte e que sempre aparece nas listas com dicas de o que fazer em Curitiba.

Ela começou a ser construída em 1854, mas só foi inaugurada em 1873. Apesar da sua importância histórica, muitos turistas realizam esse passeio graças à beleza da estrada, que está inserida em uma área considerada como o maior trecho preservado de Mata Atlântica do país.

Justamente por isso, em 1992, ela foi tombada pela Unesco como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Assim, ao longo das suas curvas, os visitantes poderão encontrar uma exuberante fauna e flora.

Na estrada, além da beleza natural, existem alguns pontos bacanas de se conhecer como:

  • portal da Graciosa (arquitetura clássica das Missões Jesuítas);
  • mais de cem pés de hortênsias ao longo da estrada (floração acontece entre a primavera e o começo do verão);
  • 6 recantos (com vários atrativos aos turistas com mirantes e venda de produtos);
  • porto de cima (no verão, os turistas costumam aproveitar a praia do Rio Nhundiquiara).

O trecho é muito percorrido por quem faz o passeio até Morretes.

3 – Parque Tanguá

Parque Tanguá

Parque Tanguá | Crédito da imagem

Curitiba é uma cidade com vários parques – por isso é importante que você adicione alguns no seu roteiro. O Parque Tanguá é considerado por muitos como o mais bonito da capital paranaense.

Ele está localizado em uma antiga pedreira e, além de ponto turístico, integra o projeto de conservação da bacia do rio Barigui – que tem suas nascentes nas proximidades, na cidade de Almirante Tamandaré.

No total, o Tanguá ocupa uma área de 235 mil m² e foi inaugurado em 1996. Além da sua importância para a conservação ambiental, ele está entre os pontos turísticos mais visitados da capital e por isso uma dica imperdível de o que fazer em Curitiba.

Basicamente, o parque é dividido em 2 partes. A parte superior é a mais bonita e preferida dos turistas, já que é lá que se situa o Jardim Poty Lazzarotto, com um belíssimo jardim francês.

É também nessa parte que está localizada uma cachoeira artificial, um chafariz, uma lanchonete e algumas lojinhas de souvenires.

Além disso, é na parte superior que estão os mirantes do parque, permitindo contemplar toda a beleza da região e, claro, fazer ótimas fotografias.

Uma dica imperdível é visitar o parque durante o pôr do sol e observá-lo do chafariz do Poty Lazarroto.

Na parte inferior do parque, está o lago artificial, uma lanchonete e um mirante (de onde o turista poderá contemplar a cascata artificial e o túnel, que liga as duas pedreiras).

4 – Museu Oscar Niemeyer (MON)

O Que Fazer Em Curitiba » Museu Oscar Niemeyer (MON)

Museu Oscar Niemeyer (MON) | Crédito da imagem

Nem só de belezas naturais vive Curitiba, afinal existem muitos passeios culturais incríveis que podem ser realizados na cidade.

Também conhecido como “museu do olho”, o MON é especializado em arquitetura, artes visuais e design – e conta com mais de 35 mil m², sendo o maior museu de arte da América Latina.

Além disso, ainda conta com mais de 20 exposições por ano.

Só por esses dados, já deu para notar por que o MON está na nossa lista sobre o que fazer em Curitiba, não é mesmo?

Além das exposições, o museu conta com um acervo permanente riquíssimo com mais de 7 mil obras, inclusive com nomes importantes do modernismo brasileiro como Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti e ainda há gravuras de Picasso, Francisco Goya e Escher.

Quem adora fotografia, não pode deixar de visitar o acervo de Sebastião Salgado, Haruo Ohara, Frida Kahlo e outros.

O MON ainda conta com obras de artistas contemporâneos, como Paulo Leminski, Os Gêmeos, Poty Lazarrotto e João Turin.

5 – Parque Barigui

Parque Barigui

Parque Barigui | Crédito da imagem

Como dissemos, a capital do Paraná é conhecida pelos seus vários parques – e por isso separamos mais um como dica imperdível de o que fazer em Curitiba.

O Parque Barigui é um dos maiores da cidade, com várias opções de lazer e entretenimento. No total, conta com uma área impressionante de 1,4 milhão de metros quadrados e foi transformado em parque em 1972.

No local, os turistas encontrarão:

  • muita beleza natural;
  • restaurantes;
  • pavilhão de exposições;
  • Museu do Automóvel;
  • academia de ginástica,;
  • pista de cooper e patinação;
  • ciclovia;
  • e churrasqueiras.

Aproveite o passeio para apreciar a natureza, descansar as margens do lago e se envolver com as diversas espécies de aves (são mais de 200 que frequentam o parque) e outros animais, como as capivaras, os socós, os gambás, e muitos outros.

6 – Bairro de Santa Felicidade

O Que Fazer Em Curitiba » Bairro de Santa Felicidade

Bairro de Santa Felicidade | Crédito da imagem

A região de Santa Felicidade nasceu em 1878 com a chegada dos imigrantes e descendentes italianos. Ao todo, são 16 bairros que envolvem a área, incluindo o bairro de mesmo nome, que fica a 7km do centro.

Esse é um dos pontos turísticos mais conhecidos de Curitiba e por isso oferece uma série de atrativos de cultura e principalmente de gastronomia italiana. Alguns pontos de destaque são:

  • Bosque Italiano: também conhecido como Bosque São Cristóvão, ele abriga o Memorial de Imigração Italiana, além de espaços onde são realizadas festas típicas, barracas, polentaria e outros;
  • Casa Culpi, Casa dos Gerânios, Casa dos Arcos e Casa das Pinturas: principais construções históricas do bairro;
    Igreja Matriz de São José: uma das mais importantes construções da região, datada de 1891;
  • Restaurantes italianos: velho Mandalosso e o Mandalosso (esse é considerado o maior restaurante da América Latina), Cascatinha, Dom Antônio, Famiglia Fadanelli;
  • Vinícola Durigan: a mais tradicional do bairro, onde é possível provar as produções locais e ainda visitar algumas lojinhas de artesanato.

7 – Feira do Lago da Ordem

Feira do Lago da Ordem

Feira do Lago da Ordem | Crédito da imagem

Localizada no centro histórico de Curitiba, a Feira do Lago da Ordem é uma atração imperdível da capital. Ela se inicia na Rua São Francisco e termina na Rua Martin Afonso e acontece todos os domingos, das 09h às 14h.

Por lá, você poderá encontrar uma série de itens artesanais (madeira, tecido, metais, fibras etc.), além de teatro de rua, pinturas em tela, música ao vivo e muita diversidade gastronômica.

Aproveite o passeio para provar um delicioso pastel de feira com caldo de cana, ou então alguns crepes, chocolates, comidas típicas (desde acarajé até empanadas argentinas) e muito mais.

E, claro, já que está na área, visite também os atrativos próximos do Lago da Ordem, como a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas ou o Museu Paranaense.

8 – Ópera de Arame

O Que Fazer Em Curitiba » Ópera de Arame

Ópera de Arame | Crédito da imagem

Impossível falarmos sobre o que fazer em Curitiba, sem citarmos a Ópera de Arame, não é mesmo? Ela é um dos principais cartões-postais da cidade e foi inaugurada em 1992, integrando as atrações do Parque das Pedreiras.

A Ópera de Arame foi construída em estrutura tubular e conta com teto de policarbonato transparente. Possui capacidade para 1572 espectadores e um palco de 400 m² destinado à apresentações culturais e artísticas.

Além de apreciar a belíssima estrutura, aproveite para desfrutar da beleza do entorno, com vegetação típica e cascatas.

Como a Ópera de Arame faz parte do Espaço Cultural Paulo Leminski, sempre existem atrações culturais por lá. Por isso, a dica é acessar o site oficial antes de agendar sua visita.

9 – Museu do Holocausto de Curitiba

Museu do Holocausto de Curitiba

Museu do Holocausto de Curitiba | Crédito da imagem

O Museu do Holocausto é um dos passeios obrigatórios em Curitiba, afinal ele é único no Brasil e o espaço é totalmente dedicado às vítimas do holocausto ocorrido na Segunda Guerra Mundial.

Para contar a história das vítimas e dos sobreviventes do regime nazista, o museu conta com espaços interativos com objetos e fotografias da época – e constantemente o acervo se torna maior e mais intenso, já que o Museu recebe contribuições de parentes de vítimas do holocausto.

Todas as visitas são gratuitas e é possível optar pelo tour guiado ou independente, porém é preciso agendar no site oficial do Museu do Holocausto.

10 – Bosque Alemão

O Que Fazer Em Curitiba » Bosque Alemão

Bosque Alemão | Crédito da imagem

Inaugurado em 1996, o Bosque Alemão é mais um atrativo natural de Curitiba. Como o próprio nome indica, ele conta com vários equipamentos que celebram as tradições alemãs.

No total, o Bosque conta com mais 38 mil m² de mata nativa e várias atrações, como:

  • uma réplica de uma igreja antiga em madeira (construída em 1933 com elementos neogóticos);
  • uma sala de concertos, a trilha João e Maria (que narra o conto famoso);
  • uma biblioteca infantil, a Torre dos Filósofos (mirante em madeira com vista panorâmica da cidade e da Serra do Mar);
  • a Praça da Poesia Germânica (com uma reprodução da fachada da Casa Mila, construção germânica originalmente localizada no centro da cidade).

Saiba muitas curiosidades e o que fazer em Curitiba.

Quer saber mais sobre essa linda cidade para programar sua viagem? Então assista o vídeo e conheça um pouco mais sobre a história e os principais locais para visitar.

Depois de todas essas dicas, já sabe o que fazer em Curitiba?

Gostou deste conteúdo? Nós temos vários artigos bacanas sobre Turismo para você programar sua próxima viagem!

Ajude seus amigos a programarem a próxima viagem: compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Você gostou deste conteúdo? A sua opinião é muito importante!
[Total: 1 Média de: 5]

Anúncios