Anúncios

O Que Fazer Em Belo Horizonte » 10 Atrações Imperdíveis da Capital Mineira!

Localizada entre montanhas, rodeada por cidades históricas e cachoeiras, BH, a capital mineira dispõe de um valioso patrimônio arquitetônico com construções clássicas e as linhas modernas de Oscar Niemeyer.

Anúncios

Diante de tanta atração, não é tão simples decidir o que fazer em Belo Horizonte.

Afinal, você poderá passar dias descobrindo os numerosos museus ou se deliciando com as gastronomia típica de Minas, que na capital encontra os temperos de todo o mundo, com opções de comida italiana, francesa e muitas outras – claro, tudo isso acompanhado de uma deliciosa cachaça mineira.

Não sabe o que fazer em Belo Horizonte? Não se desespere! Continue a leitura e veja as atrações imperdíveis que separamos – é cada “trem bão”” que você precisa conhecer!

Ah e não deixe de ver até o final do post, pois lá tem um vídeo com muitas dicas do que fazer em Belo Horizonte, para você aproveitar ao máximo sua viagem.

1 – Mercado Central de Belo Horizonte

Mercado Central de Belo Horizonte

Mercado Central de Belo Horizonte | Origem

Considerado o 3º melhor do mundo, pela Revista TAM nas nuvens, o Mercadão de BH precisa estar no seu passeio.

Ele é o atrativo turístico mais visitado da capital, com mais de 30 mil visitantes por dia, entre turistas e belo-horizontinos em busca de produtos e serviços.

No total são cerca de 400 lojas, onde é possível encontrar uma variedade enorme de itens, sendo que quase tudo é produzido em Minas, como os artesanatos, os queijos e doces tradicionais, os temperos e tudo mais o que relembra a cultura mineira.

Além de todos esses atrativos, o Mercado Central é também um marco histórico, já que foi fundado em 1929, quando BH tinha apenas 31 anos.

Quem quiser conhecer ainda mais sobre essa história e desvendar os sabores únicos do Mercado Central pode agendar uma visita guiada diretamente pelo site do Mercado.

2 – O que fazer em Belo Horizonte Mirante Mangabeiras

O que fazer em Belo Horizonte Mirante Mangabeiras

O que fazer em Belo Horizonte Mirante Mangabeiras | Origem

Nada melhor para conhecer a capital, do que uma vista deslumbrante de BH. Do alto do Mirante Mangabeiras é possível avistar a Serra do Curral – um dos visuais mais lindos da capital mineira, de preferência emoldurado pelo pôr-do-sol.

A área foi totalmente reformada, com novíssimos decks de madeira para transformar ainda mais a experiência do visitante. O espaço está localizado no bairro das Mangabeiras e é considerado área de preservação ambiental.

De lá de cima, você terá uma vista lindíssima de todo o Parque Mangabeiras e da cidade, com seus prédios imponentes e toda a movimentação de uma grande capital.

No Mirante, está localizada a maior tirolesa de Minas Gerais em extensão, com 800 metros e velocidade que pode atingir até 100 km/h.

O trajeto, com linda vista panorâmica de BH, começa no Mirante Mangabeiras e se estende até a Praça de Esportes do Parque Mangabeiras.

Mas, atenção, porque o Mirante funciona apenas de terça à domingo (inclusive feriados) das 09h às 20h, com entrada permitida até às 19h30.

3 – Praça da Liberdade

Praça da Liberdade

Praça da Liberdade | Origem

Repleta de jardins, coretos, repuxos e estátuas em mármore Carrara, a Praça da Liberdade é um dos pontos mais indicados nas listas sobre o que fazer em Belo Horizonte. Afinal, é lá que está o Circuito Liberdade.

Inaugurado em 2010, ele é reconhecido como um dos mais importantes corredores de cultura do país.

Abrigado em uma área histórica de BH, é composto por 16 instituições, como museus, centros de cultura e formação, entre outros.

Desde a sua inauguração, os edifícios históricos passaram a ser convertidos em centros culturais e museus, com inúmeras opções para os visitantes.

Algumas opções são:

  • Memorial Minas Gerais – Vale;
  • Espaço TIM UFMG do Conhecimento;
  • Museu das Minas e do Metal;
  • Centro de Arte Popular Cemig;
  • Museu Mineiro;
  • Centro Cultural Banco do Brasi;
  • Palácio da Liberdade (antiga sede do governo);
  • Biblioteca Pública;
  • Arquivo Público Mineiro, entre outros.

Atenção, porque às quintas, os museus ficam abertos até mais tarde.

4 – O que fazer em Belo Horizonte Feira Hippie

O que fazer em Belo Horizonte Feira Hippie

O que fazer em Belo Horizonte Feira Hippie | Origem

Oficialmente chamada como “Feira da Afonso Pena”, a feira Hippie é uma atração imperdível de o que fazer em Belo Horizonte.

Ela foi idealizada por um grupo de artistas mineiros e críticos de arte em 1969, no início sendo realizada na Praça da Liberdade.

Em 1973, ela foi reconhecida pela prefeitura de BH e em 1991, essa feira junto de outras que ocorriam na Praça da Liberdade, foi transferida para a Avenida Afonso Pena, no centro de Belo Horizonte, dando origem ao que hoje é considerada a maior feira de artesanato a céu aberto da América Latina.

A nova feira foi criada com o nome oficial de “Feira de Artes, Artesanato e Produtores de Variedades da Avenida Afonso Pena”, mas permanece sendo conhecida pelos belo-horizontinos e turistas como “feira hippie”.

Ela é dividida em 16 setores, incluindo 3 áreas de alimentação e conta com mais de 2 mil expositores, recebendo uma média de 60 mil visitantes.

A feira acontece todos os domingos, das 08h às 14h, na Avenida Afonso Pena, entre a Rua Bahia e a Rua Gajajaras, em frente ao Parque Municipal.

5 – Memorial Minas Gerais Vale

Memorial Minas Gerais Vale

Memorial Minas Gerais Vale | Origem

O Memorial Minas Gerais Vale integra o Circuito da Liberdade e está instalado no antigo prédio da Secretaria da Fazenda, de 1897 – uma construção em estilo eclético projetada pela Comissão Construtora da Nova Capital.

Hoje ele é conhecido como um “museu de experiência” e instiga os visitantes a descobrirem a história e os costumes mineiros de uma maneira diferenciada.

Para isso, cenários reais e virtuais se misturam criando sensações e experiências que ajudam o público a percorrer um percurso do século XVIII até os dias atuais.

Nessa “viagem”, você encontrará personagens ilustres, vilas barrocas, grandes autores, cidadãos comuns, moda, comida típica e artesanato, ao longo de 31 espaços que compõem o Memorial.

Ao terminar o passeio, a dica é visitar o café que também funciona como espaço para exposições. Se quiser agendar uma visita guiada, acesse o site do Memorial.

6 – Palácio das Artes

Palácio das Artes

Palácio das Artes | Origem

O prédio do Palácio das Artes é um complexo arquitetônico de 18 mil m² e que precisa estar na sua lista de o que fazer em Belo Horizonte.

Administrado pela Fundação Clóvis Salgado, o projeto do prédio foi idealizado por Oscar Niemeyer e está voltado para o Parque Municipal e ligado à Avenida Afonso Pena por uma passarela de concreto.

Todo o conjunto arquitetônico é composto:

  • Grande Teatro (que recebe espetáculos variados);
  • Cine Humberto Mauro;
  • três galerias de arte;
  • espaços multimeios e áreas de convivência;
  • prédios administrativos;
  • salas de ensaio;
  • e o Centro de Formação Artística (com escolas de música, teatro e dança).

Após o incêndio ocorrido em 1997, o prédio foi reconstruído e nele foram incorporadas novas características, tornando-o um dos mais modernos e avançados espaços culturais do país.

7 – Estádio Mineirão

Estádio Mineirão

Estádio Mineirão | Origem

Não tem como falarmos sobre o que fazer em Belo Horizonte sem citarmos a visita ao Mineirão, não é mesmo?

O principal estádio de BH e também de Minas Gerais merece estar na sua lista de itens a conhecer na capital mineira.

As visitas guiadas podem ser agendadas diretamente pelo site do Estádio Mineirão, mesmo porque é necessário montar grupos com, no mínimo, 10 pessoas para que o passeio aconteça.

No tour, o visitante acessará os bastidores do estádio, conhecendo as áreas restritas usadas por jogadores e imprensa nos dias de jogos.

Dependendo da data em que você realizar o passeio, também poderá conhecer o Museu Brasileiro do Futebol (MBF), com vários artefatos materiais e imateriais do futebol brasileiro, levando o visitante a uma imersão no universo futebolístico.

Mas, atenção, porque o museu não abre nos feriados.

Ele funciona de terça à sexta, das 09h às 17h (com permanência até às 18h) e aos sábados e domingos das 09h às 13h (com permanência até as 14h) – mas esses horários podem ser alterados em dias de jogos.

A visita guiada acontece nos mesmos horários e o valor é R$20 a entrada inteira e R$10 a meia.

8 – O que fazer em Belo Horizonte Igreja São José

O que fazer em Belo Horizonte Igreja São José

O que fazer em Belo Horizonte Igreja São José | Origem

A Igreja São José é um dos pontos mais bonitos da arquitetura belo-horizontina.

Construída pela congregação redentoristas, a igreja tem a forma de uma perfeita cruz latina, com 60 metros de comprimento e 19 metros de largura.

A sua decoração interior começou a ser realizada em 1910 e lá dentro é possível encontrar belas colunas no estilo coríntio, o grandioso presbitério, um órgão de tubos fabricado em 1927 e também as belas pinturas feitas pelo artista alemão Guilherme Schumacher.

No altar-mor, o destaque é o painel que retrata a Santíssima Trindade entre anjos e santos.

No presbitério, o teto conta com uma linda pintura de Nossa Senhora com o Menino Jesus e mais 40 medalhões com os antepassados de Jesus – desde Abraão até São José.

Nas paredes, aparecem os 4 evangelistas e, ao lado das janelas inferiores, os 12 apóstolos. No alto dos arcos, os seis doutores da Igreja e o padroeiro São José. No corpo da igreja estão 14 santos e 14 santas, conforme o costume da época.

A Igreja São José está localizada na Rua Tupis, 164, no Centro e funciona de quarta a segunda das 06h às 20h e às terças das 6h às 17h30.

9 – Parque das Mangabeiras

Parque das Mangabeiras

Parque das Mangabeiras | Origem

Encravado na Serra do Curral, está o belíssimo Parque das Mangabeiras, um dos maiores e mais belos redutos ecológicos da capital mineira.

Ele conta com projeto paisagístico de Burle Marx e é a maior área verde de BH, com 2,3 milhões de m², repleto de mata nativa, onde os visitantes podem fazer trilhas acompanhados pelos animais silvestres, como micos, esquilos e inúmeros pássaros.

O local ainda conta com quiosques, quadras poliesportivas, brinquedos para as crianças e arenas onde ocorrem shows e teatros.

Dentro do Parque, não faltam atrativos, como:

  • a Praça das Águas, idealizada por Burle Marx;
  • com lindos jardins;
  • fontes e espelhos de água com carpas;
  • os gazebos que oferecem sombra aos visitantes;
  • o parque esportivo (com um grande skate park);
  • o Mirante da Mata (com uma belíssima vista da cidade);
  • o Vale dos Quiosques;
  • e o Morro do Piquenique.

O Parque fica na Avenida José do Patrocínio Pontes e funciona de terça a domingo, das 08h às 18h.

Mas, atenção, porque o acesso aos Parques da Serra do Curral apenas está sendo realizado mediante a apresentação de comprovante de imunização contra febre amarela, que deverá ser aplicada, no mínimo, 10 dias antes da visita – de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde.

Lembre-se também que os macacos NÃO TRANSMITEM febre amarela, por isso não os maltrate – mesmo porque isso é crime previsto em lei!

10 – O que fazer em Belo Horizonte Lagoa da Pampulha

O que fazer em Belo Horizonte Lagoa da Pampulha

O que fazer em Belo Horizonte Lagoa da Pampulha | Origem

É claro que não poderíamos deixar de fora da nossa lista de o que fazer em Belo Horizonte um dos principais cartões-postais da cidade, a Lagoa da Pampulha, declarado como patrimônio da humanidade pela Unesco, com o Conjunto Arquitetônico da Pampulha como uma das principais atrações da cidade.

Por isso, nem pense em visitar BH sem conhecer a região da Lagoa, reservando, se possível, mais de um dia para desbravar um pouco mais do que o básico da região.

Entre as principais atrações estão os prédios que compõem o conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer a pedido do ex-presidente Juscelino Kubitschek, como:

  • a Igreja São Francisco;
  • a Casa Kubitschek (que preserva a memória do ex-presidente);
  • a Casa do Baile;
  • o Museu de Arte Moderna;
  • e o Iate Clube.

Além das artes de Niemeyer, aproveite para conhecer o Ginásio Mineirinho e o Estádio Mineirão, o Parque Ecológico da Pampulha e o Parque Guanabara (um parque de diversões clássico nos moldes dos de épocas passadas).

Não se esqueça de apreciar o belíssimo pôr-do-sol da Lagoa – um dos pontos mais bonitos é o mirante localizado próximo do encontro da Av. Otacílio Negrão de Lima e da Alameda dos Flamboyant, onde é possível avistar o entardecer com a Igreja São Francisco.

Saiba um pouco mais o que fazer em Belo Horizonte.

Vai viajar para a capital mineira, mas tem pouco tempo? Então acompanhe este vídeo e veja o que fazer para aproveitar melhor sua viagem.

Agora ficou mais fácil escolher o que fazer em Belo Horizonte?

Gostou deste conteúdo? Nós temos vários artigos bacanas sobre Turismo esperando por você!

Compartilhe com seus amigos e ajude-os a descobrirem os encantos da capital mineira!

Você gostou deste conteúdo? A sua opinião é muito importante!
[Total: 1 Média de: 5]
Anúncios

Quer Moldes Grátis!?

Receba Diretamente no seu email junto com o Passo a Passo Completo!

Quer Moldes Grátis!?

Receba Diretamente no seu email junto com o Passo a Passo Completo!