Home » Jardinagem » Como Cuidar de Uma Begônia? As 15 Dicas Fundamentais!

Como Cuidar de Uma Begônia? As 15 Dicas Fundamentais!

A begônia é uma flor lindíssima e muito colorida que traz um charme especial a qualquer ambiente. Ela pode ser cultivada em vasos ou jardineiras – e existem mais de 1500 espécies diferentes dessa flor. Quer aprender como cuidar de uma begônia?

Neste post, nós reunimos as principais dicas e orientações em relação ao plantio, rega, escolha do espaço, entre outros pontos essenciais.

Continue a leitura e entenda as diferenças básicas entre os tipos de begônia e veja as principais dicas para cuidar dessa planta!

Como Cuidar de Uma Begônia?

Como Cuidar de Uma Begônia?

Tipos de begônias

Tipos de begônias

Tipos de begônias | Foto

O primeiro passo para aprender como cuidar de uma begônia é definir qual tipo é a sua planta.

Como dissemos, existem muitas espécies diferentes, então vale a pena conferir as características da sua begônia. As mais comuns são: begônia sarmentosa (flores cheias e viçosas), begônia cerosa (pequeno miolo amarelo) e a begônia maculata (espécie muito ornamental com folhas de verde intenso e pequenas bolinhas brancas na superfície).

Ainda existe a begônia Rex (com folhas multicoloridas e de formato irregular) e a begônia sempreflorens (variedade imensa de cores).

Características das begônias

Características das begônias

Características das begônias | Foto

De uma forma geral, as begônias são flores tropicais e que se desenvolvem melhor quando não ficam totalmente expostas ao sol ou à chuva.

Elas preferem ambientes de clima moderado, com temperaturas variando dos 20 aos 28ºC.

Outra dica é deixá-las distantes do ar condicionado e de corredores com pouca luz. As begônias são plantas sensíveis e que não suportam mudanças bruscas de clima e nem excesso de água.

Como cuidar de uma begônia com solo e substrato

Como cuidar de uma begônia com solo e substrato

Como cuidar de uma begônia com solo e substrato | Foto

Todos os tipos de begônia gostam de solo úmido, porém com bastante drenagem.

Para isso, é muito importante contar com matéria orgânica no solo e a drenagem pode ser feita com areia, vermiculita ou perlita. Como matéria orgânica, use folhas, compostagem, fibra de coco e a cobertura de solo (para canteiros ou vasos).

Em vasos, use a mistura: 1 parte de perlita, vermiculita ou areia, 2 partes de húmus de minhoca ou terra vegetal e 1 parte de casca de coco.

Rega da begônia

Rega da begônia

Rega da begônia | Foto

Para cuidar de begônias, tente manter o solo sempre úmido, mas nunca encharcado, porque pode causar podridão nas raízes.

Quando for regar, evite molhar as folhas, porque isso poderá causar fungos.

As begônias têm caules carnudos e folhas que armazenam água, por isso não precisam de rega constante. Faça apenas quando o solo estiver começando a secar.

Nebulização na begônia

Nebulização na begônia

Nebulização na begônia | Foto

Uma alternativa à rega tradicional é a nebulização, que também pode ser feita com as begônias.

Para isso, a dica é não usar água da torneira, porque ela tem alta alcalinidade o que pode afetar as folhas da begônia.

Em vez disso, use água destilada que não contém minerais. Essa também é a melhor opção para regar as begônias.

Iluminação da begônia

Iluminação da begônia

Iluminação da begônia | Foto

Outra dica essencial de como cuidar de uma begônia é em relação à iluminação.

Essa planta não gosta de ficar exposta ao sol pleno, no máximo o sol da manhã e do fim da tarde.

O ideal, no entanto, é oferecer luz solar indireta (sendo que algumas espécies até conseguem resistir em locais de sombra). Por isso, as begônias são boas espécies para ficarem dentro de casa, próximas à janelas.

Como cuidar de uma begônia ambiente

Como cuidar de uma begônia ambiente

Como cuidar de uma begônia ambiente | Foto

O ambiente ideal depende muito do tipo de begônia que você está cultivando.

A maioria das variedades prefere temperaturas amenas, entre 15ºC a 28ºC e não suportam seca, geadas extremas, sol pleno e calor intenso.

Por isso, elas são ótimas plantas para dentro de casa, próximas a janelas (para receberem luz indireta e ventilação) ou em jardins com cobertura.

Vasos para begônias

Vasos para begônias

Vasos para begônias | Foto

As begônias são ótimas plantas para serem cultivadas em vasos.

Nesse caso, atenção à escolha do vaso. Ele deve ter o mesmo tamanho da sua muda, porque, se for muito grande, poderá acabar recebendo terra demais e sufocando a begônia.

Se for usar as begônias tuberosas, uma ideia, é usá-las em vasos suspensos.

Fertilizantes para begônias

Fertilizantes para begônias

Fertilizantes para begônias | Foto

A fertilização é uma dica essencial de como cuidar de uma begônia.

Isso porque essa é uma planta que gosta bastante de nutrientes.

O recomendado é usar um produto que seja equilibrado, neutro e de liberação lenta e a aplicação deverá ser feita a cada 3 meses.

Podas da begônia

Podas da begônia

Podas da begônia | Foto

A poda é uma ação extremamente importante para que a begônia se mantenha sempre bonita e com a folhagem densa, o que significa muitas flores.

Você poderá cortar as folhas mortas regularmente. Quanto antes você retirar as folhas danificadas, mais cedo a planta se recuperará.

Só tome cuidado para nunca deixar a begônia menor que 7,6 cm, pois a begônia poderá ficar suscetível à pragas.

Floração da begônia

Floração da begônia

Floração da begônia | Foto

Um dos motivos da popularidade das begônias é que a maioria das espécies florescem o ano todo.

Geralmente, as primeiras flores começam a aparecer em torno de 3 ou 4 meses após o plantio.

A floração mais intensa, contudo, ocorre entre a primavera e o verão.

Como cuidar de uma begônia pragas

Como cuidar de uma begônia pragas

Como cuidar de uma begônia pragas | Foto

As pragas mais comuns que atacam as begônias são as tripés e os pulgões.

Para evitar, uma dica caseira é usar uma mistura de 10 litros de água quente para cada 100 gramas de alho e 100 gramas de cebola.

Além das pragas, o crestamento e/ou podridão-da-flor também podem atacar as begônias, com manchas brancas nas folhas e flores. Se isso ocorrer, pulverize 2 gramas de sulfato de cobre com 20 gramas de sabão para cada litro de água. Ou aplique um fungicida.

Como plantar begônias em vasos

Como plantar begônias em vasos

Como plantar begônias em vasos | Foto

Comece escolhendo um vaso com furos de drenagem no fundo. Prepare o solo, por exemplo com 2/5 de turfa, 2/5 de casca de pinheiro e 1/5 de areia de rio.

Coloque a muda ou as sementes no centro do vaso e cubra com uma fina camada de solo.

Deixe o vaso em um local que receba luz durante a manhã ou no fim da tarde.

Como plantar begônias em canteiros

Como plantar begônias em canteiros

Como plantar begônias em canteiros | Foto

Encontre um local com solo drenável (que não seja argiloso). Observe se o solo ainda conta com poças de água em torno de 5 a 6 horas depois de uma chuva forte, se for o caso, modifique o solo com matéria orgânica.

Plante as begônias onde elas receberão sombra parcial, principalmente nas horas mais quentes do dia.

Afofe o solo, se necessário, e plante as mudas de begônia colocando-as no solo sem cobrir. Após o plantio, regue as begônias generosamente para assentar o solo ao redor das mudas.

Como fazer muda de begônia

Como fazer muda de begônia

Como fazer muda de begônia | Foto

Pegue sempre um galho que irá florescer. Esse galho deve ter mais ou menos uns 5 centímetros.

Faça um corte na vertical, formando uma espécie de lança com a ponta. Coloque 1/3 do caule na água. Quando você notar que as raízes estão começando a crescer, diminua a água. Deixe o caule na água até a raiz ter, no mínimo, 4 cm. Transplante a muda para um local sombreado em solo fértil.

Quando a muda pegar e se estabelecer, é possível transplantá-la para um vaso maior. Vá aos poucos expondo a planta à luz.

Com essas dicas, você já sabe como cuidar de uma begônia?

Veja mais dicas bacanas na nossa seção de jardinagem!

Tags: