Home » Jardinagem » Como Cuidar de Cactos? 15 Dicas Infalíveis Para Deixar Ele Mais Bonito e Até Florido!

Como Cuidar de Cactos? 15 Dicas Infalíveis Para Deixar Ele Mais Bonito e Até Florido!

Cada vez mais presente nas residências brasileiras, os cactos têm atraído a atenção e a paixão de várias pessoas. Mas você sabe como cuidar de cactos? Deixá-los verdinhos, bonitos e floridos?

Embora não exijam muitos cuidados especiais, os cactos precisam de atenção, de forma que eles cresçam e se desenvolvam corretamente.

Não sabe como cuidar de cactos pequenos e grandes? Continue lendo este artigo e veja as dicas mais importantes que separamos!

Entenda as características dos cactos

Entenda as características dos cactos

Entenda as características dos cactos | Foto

Os cactos vivem, naturalmente, em locais com pouca água disponível e muita luz solar.

Por isso, é importante tentar reproduzir esse ambiente, cuidando das regas e deixando-o em locais bem iluminados.

Existem várias famílias de cactos, mas todas elas não têm folhas, mas sim uma superfície espessa que pode (ou não) ter espinhos e que, geralmente, é coberta de pelos.

Iluminação

Iluminação para cactos

Iluminação para cactos | Foto

Como os cactos são plantas que vivem no deserto, é muito importante oferecer a eles muitas horas de luz solar.

É possível criar seus cactos em vasos e até dentro de casa.

Mas certifique-se de deixá-los em um local com luz solar abundante.

Se você não oferecer luz suficiente seu cacto poderá crescer descontroladamente, com partes mais finas, até acabar morrendo.

Regas

Regas para cactos

Regas para cactos | Foto

Outro ponto essencial para saber como cuidar de cactos é em relação às regas.

Em geral, eles devem ser regados 1 vez por semana no verão e a cada 15 dias no inverno.

Porém, para ter certeza, confira o substrato.

Coloque o dedo na terra e confira se ela está úmida ou seca, assim você saberá se a sua plantinha precisa de mais ou menos água.

Quantidade de água por rega

Quantidade de água para rega dos cactos

Quantidade de água para rega dos cactos | Foto

Mesmo seguindo a recomendação e espaçando as regas, é preciso atenção à quantidade de água.

Afinal, se você colocar muita água em cada rega, poderá matar seu cacto afogado!

Um mini cacto exige uma colher de chá de água em cada rega, já se o cacto for um pouco maior, use medidas maiores.

E lembre-se de regar apenas a terra e não a planta inteira.

Escolha o vaso certo

Escolha do vaso certo para seu cacto

Escolha do vaso certo para seu cacto | Foto

O vaso certo é indispensável em qualquer relação de dicas sobre como cuidar de cactos.

O ideal é que ele seja compatível com o tamanho da espécie e tenha um bom sistema de drenagem (como aqueles com furinho embaixo), impedindo que a água acumule na raiz da planta, que poderá apodrecer.

Os mais recomendados são vasos de argila ou de barro.

Arranjos de cactos

Arranjos de cactos

Arranjos de cactos | Foto

Os arranjos de cactos estão em alta e deixam qualquer ambiente muito mais bonito.

Em geral, os cactos vivem bem com outras espécies no mesmo vaso.

Mas é importante que você escolha espécies com características semelhantes, por exemplo as suculentas, ou vários tipos de cactos.

Evite os pedriscos brancos

Evite os pedriscos brancos para o cactos

Evite os pedriscos brancos para o cactos | Foto

As pedrinhas são ótimas para ajudar a escoar bem a água dos vasos.

Mas tome cuidado com quais pedrinhas você escolhe, o mais recomendado é optar pelas pedrinhas naturais ou até cascas de madeira.

Os pedriscos brancos, de mármore, são lindos, mas liberam uma propriedade química capaz de envenenar a sua plantinha.

Tenha paciência para ver seu cacto florescer

Tenha paciência para ver seu cacto florescer

Tenha paciência para ver seu cacto florescer | Foto

Algumas espécies de cactos podem florescer – e suas flores são realmente lindas.

Mas é preciso ter bastante paciência para presenciar o desabrochar dessas belas flores.

Em alguns casos, isso só ocorrerá após anos de cultivo.

E é preciso cuidados especiais, como adubar cerca de dois meses antes do período de floração com alto conteúdo de potássio e não deixá-lo em ambientes muito frios.

Adube o seu cacto

Adube seu cacto

Adube seu cacto | Foto

A adubação é importante para cultivar qualquer plantinha – e não é diferente com os cactos.

Os adubos podem ser orgânicos ou não. Os orgânicos podem ser usados todos os meses e em pequenas quantidades.

É possível encontrá-los em lojas especializadas ou fazer o adubo em casa.

Já os fertilizantes químicos devem ser os recomendados para cactos e é importante seguir à risca a forma de aplicação explicada pelo fabricante.

Atenção ao local onde o cacto ficará

Atenção ao local onde o cacto ficará

Atenção ao local onde o cacto ficará | Foto

Se você for cultivar o seu cacto dentro de casa, atenção à escolha do local.

O mais indicado é deixá-lo próximo de janelas, tanto pela luz solar como pela presença do ar.

Mas cuidado com as chuvas, principalmente se for deixar o cacto em uma área externa, como as varandas, porque a plantinha poderá morrer com o excesso de água.

Cuidado com as pragas

Cuidado com as pragas nos cactos

Cuidado com as pragas nos cactos | Foto

Os cactos, em geral, são plantas bem resistentes às pragas, mas as vezes podem sofrer com elas, especialmente com os ácaros e cochonilhas.

Para acabar com essas pragas, o mais indicado é usar óleo de Neem.

Outras dicas são: deixar a planta em um local com bastante luz solar e ar, usar um óleo umedecido com o óleo para retirar a praga, podar as áreas mais comprometidas e misturar o óleo com água para borrifar na planta.

Alguns sinais de pragas são o cacto manchado e murcho. Fique de olho na sua plantinha para intervir rapidamente, antes que ela morra.

Cuidado com os espinhos

Cuidados com os espinhos dos cactos

Cuidados com os espinhos dos cactos | Foto

Os espinhos fazem parte de várias espécies de cactos.

Muitas pessoas, tentando deixar as plantas mais “seguras” para animais e crianças acabam arrancando os espinhos.

Essa não é uma boa ideia porque os espinhos são folhas que, durante o processo de evolução, tomaram essa forma reduzida. Se você arrancá-los, estará diminuindo a vida da sua plantinha.

Mini cactos

Mini cactos

Mini cactos | Foto

Charmosos e pequeninos, os mini cactos estão presentes em vários detalhes decorativos de casas e ambientes de trabalho, como também para lembrancinhas.

De uma forma geral, eles precisam dos mesmos cuidados das outras espécies de cactos (e que citamos neste conteúdo).

A diferença é apenas em relação à luz solar.

Como eles são pequeninos, o contato direto com o sol precisa ser menor, por isso eles devem ficar na parte interna de casa, em locais ventilados e sem tanta luz solar direta.

Atenção ao substrato

Atenção ao substrato dos cactos

Atenção ao substrato dos cactos | Foto

O substrato é extremamente importante para qualquer planta – e você precisa considerar as características dos cactos nesse momento.

Como os cactos estão acostumados com solo seco, dê preferência aos cascalhos e a areia misturados ao substrato.

Crie uma camada de 30 cm com argila expandida ou pedras e depois coloque a mistura de areia com terra adubada, para que seu cacto se desenvolva bem.

Não precisam ser podados

Os cactos não precisam ser podados

Os cactos não precisam ser podados | Foto

Cuidar de cactos não é nenhuma missão impossível, afinal eles são de fácil cultivo.

Por exemplo, não há necessidade nenhuma de poda, ideal para quem está começando agora no mundo da jardinagem.

Depois dessas dicas, você já sabe como cuidar de cactos?

Aproveite e veja 15 dicas de como cuidar de suculentas e deixe seu jardim sempre bonito!

Tags: