Anúncios

10 alimentos que você não deve dar ao seu cachorro nunca!

Todo mundo sabe que os cachorros não podem (e não devem) ter uma dieta repleta de alimentos e guloseimas que nós consumimos. Mas, quando eles fazem aquela carinha super fofa, muitas pessoas acabam não resistindo em dar alguns pedacinhos do que está comendo.

Anúncios

Contudo, existem alguns alimentos que podem fazer muito mal para o seu melhor amigo, afetando a sua saúde e até mesmo colocando a sua vida em risco.

Para evitar todas essas questões é sempre bom ter informação suficiente, não é mesmo? Por isso hoje, separamos os 10 alimentos que você nunca deve dar ao seu cachorro!

1 – Bebidas à base de cafeína

Chás, cafés e outros itens que possuem como base a cafeína devem ser totalmente evitados pelos cãezinhos, justamente porque eles são bem mais sensíveis ao efeito da cafeína do que nós.

Embora quantidades bem pequenas possam não causar grandes problemas, é melhor evitar que eles experimentem esses itens.

Caso seu amiguinho consuma a borra do café ou grandes quantidades dessas bebidas ele poderá apresentar sinais de envenenamento dentro de 24 horas e irá necessitar de auxílio veterinário.

2 – Chocolate

A quantidade “segura” desse alimento pode variar de acordo com o tipo de chocolate e de raça do seu cãozinho.

O principal vilão nesse caso é uma substância chamada teobromina que, mesmo em doses pequenas, pode atacar o coração, os rins e o sistema nervoso do seu cachorro.

Os sintomas irão depender do quanto de chocolate o seu cão ingeriu, mas pode ser que ele apresente vômitos, agitação, diarreia, hiperatividade, tremores e, em alguns casos, crises convulsivas.

3 – Álcool

Qualquer bebida que contenha álcool (independente da concentração) é extremamente perigosa para o seu cachorro.

Se o seu animal ingerir algum produto alcoólico, ele poderá apresentar diarreia, vômitos, depressão do sistema nervoso central, diminuição da coordenação, tremores, dificuldade em respirar e, poderá até mesmo vir a falecer.

Não existem doses seguras para os animais.

4 – Abacate

As frutas podem ser incluídas algumas vezes na dieta do seu cãozinho, mas determinadas merecem um cuidado especial.

Esse é o caso do abacate que possui uma substância chamada persin que pode provocar diarreia e vômitos.

O persin também pode estar presente na casca do abacate, nas folhas e na semente.

5 – Macadâmia

A macadâmia é ótima para a saúde humana, mas deve ser evitada pelos cachorros.

Após 12 horas que o seu animal ingeriu esse alimento, ele poderá apresentar sinais de fraqueza, tremores, vômitos, depressão e aumento da temperatura corporal.

Os sintomas podem piorar nas próximas 48 horas e merecem o acompanhamento de um veterinário.

6 – Leite

Quantas vezes você já não imaginou que dar um pouquinho de leite ao seu amiguinho iria fazer bem a ele?

Pois é. Muitas pessoas acreditam nisso, mas a verdade é justamente o contrário. Como os cãezinhos não fabricam a enzima lactase, a bebida não é bem digerida por eles.

Isso significa diarreia e algumas dificuldades digestivas. O mesmo vale para os iogurtes ou outros alimentos lácteos.

7 – Ovo cru

Alimentos crus (como o peixe, a carne e o ovo) podem estar contaminados com a bactéria Salmonella ou a E. Coli e causar intoxicação alimentar no seu cãozinho.

Além disso, o ovo cru ainda possui uma enzima que interfere na absorção das vitaminas do complexo B – o que pode significar problemas na pelagem do seu animal.

8 – Osso

Você deve estar pensando: “nossa, mas como assim? Eles até vendem os ossos nos pet shops!”.

Sim, isso é verdade. Mas, muitos cães podem se engasgar com os ossos, além de que esse alimento pode se estilhaçar e causar sérios problemas digestivos ao seu amiguinho.

Para evitar tudo isso, opte por ossos crus (que se lascam com menos frequência) e menores. Ah, e, claro, fique sempre por perto enquanto ele estiver devorando esse petisco.

9 – Massas

O problema das massas está na levedura que é usada como fermento, tornando impróprio o consumo pelos cães.

As leveduras podem causar gases que se acumulam no sistema digestivo e causam muitas dores e incômodos ao seu animal.

Além disso, os intestinos podem ficar obstruídos e até distendidos pela presença dos gases. Por isso, nada de comida italiana para o seu amigo.

10 – Cebola

Além da cebola, o alho e a cebolinha também devem ser evitadas já que podem causar irritação no estomago e no intestino do seu cachorro, o que pode ocasionar danos nas células vermelhas dele.

As cebolas, em particular, são ainda mais tóxicas sendo que os sinais de envenenamento podem aparecer alguns dias após o consumo.

Lembre-se que qualquer tipo de cebola pode ser prejudicial, não importa se ela está crua, cozida ou desidratada.

Gostou de saber quais são os 10 alimentos que você não deve dar ao seu cachorro?

Compartilhe esse conteúdo com os seus amigos e ajude-os a evitar riscos aos animais de estimação.

Você gostou deste conteúdo? A sua opinião é muito importante!
[Total: 3 Média de: 5]

No Responses

  1. Tudo Especial
  2. Anônimo
  3. Anônimo
  4. Anônimo
  5. Anônimo
  6. Anônimo
  7. Anônimo
  8. Anônimo
  9. Anônimo
  10. Anônimo
Anúncios

Quer Moldes Grátis!?

Receba Diretamente no seu email junto com o Passo a Passo Completo!

Moldes Gratuitos de Natal!

Cadastre o seu email para baixar agora mesmo!